quarta-feira, 6 de julho de 2016

Pinóquio com molde


creditos: pinterest
====================================================
===============================================
Pinóquio Tilda


Molde:





  Tecido para a cabeça, mãos e pernas;
- Tecido para o corpo, braços e gola;
- Tecido para as botas;
- Tecido para o chapéu e para o coração;
- Tecido para a parte superior das botas;
- Tecido para os calções;
- Tinta para tecido cor preta (para o cabelo);
- Enchimento (não está na foto);
- 4 botões (não estão na foto);
- Linha de bordar.
 Unimos os vários tecidos: corpo com a cabeça; braços com as mãos; pernas com as botas. Juntamos os tecidos direito com direito e costuramos. De seguida cortamos o excesso e deixamos uma pequena margem junto à costura.
Depois desenhamos os moldes no tecido. Normalmente dobro o tecido ao meio tendo atenção para que as costuras fiquem alinhadas e assim posso centrar o molde antes de o passar para o tecido.


 De seguida, colocamos os tecidos direito com direito (no meu caso o tecido já estava dobrado dessa forma quando desenhei os moldes) e costuramos conforme indicado, deixando as aberturas nos espaços assinalados. 
Para o corpo começar a costurar na extremidade conforme imagem abaixo e terminar na extremidade oposta (o tracejado indica os sítios onde não se pode costurar).
Depois costurar a parte da base, deixar uma pequena abertura e costurar até ao fim dessa linha (ver imagem, a tesoura mostra a abertura por onde mais tarde vamos colocar o enchimento).
 De seguida, unir o tecido nos extremos da base, alinhando as costuras (das laterais com as da base). 
 Costuramos e cortamos o excesso de tecido.
Ficamos com os cantos fechados.
 Este é o aspecto depois de costurados os lados da base.
De seguida costuramos a abertura no topo da cabeça. Unimos o tecido (a parte de trás com a parte da frente da cabeça) e costuramos de uma ponta à outra.

 Depois de costurados todos os moldes cortar o excesso de tecido deixando uma pequena margem e dar uns cortes nas partes arredondadas para evitar que o tecido repuxe (atenção para não cortar os pontos).
 Lembram-se daquelas marcas onde se devia romper o tecido dos braços e das pernas para virar o trabalho e para encher? Por norma, coloque um pouco de entretela no sítio onde vou rasgar, isso dá mais resistência ao tecido e previne que desfie demasiado. Depois, com cuidado, abro um rasgo.

 Como não gosto do método, sempre que é possível realizar essa parte do projeto de outra forma, eu opto por deixar uma pequena abertura na costura, como podem ver no outro braço (assinalada pela tesoura). Faça o mesmo para as pernas, até porque elas vão ficar tapadas pelos calções, por isso qualquer vestígio da abertura naquele local não se irá notar.
Voltar os moldes do direito e passar a ferro. Neste ponto vou aproveitar para desenhar o contorno do cabelo. Assim será mais fácil na hora de pintar.

 Agora vamos encher os moldes. Vamos começar pelo corpo. Enche-se primeiro o nariz. Para isso vamos precisar de um objecto que ajude a empurrar o enchimento até à ponta.  Quando terminarmos de encher o corpo costuramos a abertura com ponto invisível.
 Está na hora de pintar o cabelo. Usamos um pincel fino para contornar o desenho anteriormente feito e preenche-se toda a área do cabelo.
Enquanto o cabelo seca, vamos avançar para as outras partes do corpo.
Enchemos os braços e costuramos a abertura. Como esta parte não vai ficar visível não se preocupe muito em disfarçar a costura. Podia ter utilizado um ponto mais subtil, mas limite-se a fechar bem e reforçar nas extremidades.
Agora passamos para as pernas. Comecem por encher a bota e subam para a perna. Quando estiverem a meio do enchimento das pernas não esquecer de fazer uma costura para permitir que as pernas dobrem à altura dos joelhos quando o boneco estiver sentado.
 Acabamos de encher as pernas até acima e fechamos a costura. Como para as pernas foi deixado uma abertura na costura ao invés de fazer um rasgo na parte interior, vou fechar com ponto invisível para que não se note.
 Vamos costurar as pernas e os braços no corpo do Pinóquio. Use um ponto em forma de X, que vai permitir alguma mobilidade aos membros, podendo sentar o boneco. Para fazer o ponto utilizei uma agulha grande que pudesse atravessar o corpo e fazer os pontos em simultâneo nos dois braços e nas duas pernas.



 Passamos à roupa. Dobramos o tecido dos calções e desenhamos o molde no tecido. Repetir (para criar as duas pernas dos calções). A dobragem do tecido evita que tenhamos de costurar as laterais mais tarde. De outra forma teríamos de desenhar o molde no tecido quatro vezes, assim bastam duas.
Depois, colocar os dois tecidos direito com direito e costurar as laterais mais largas.
 De seguida unimos os tecidos separando as duas pernas e costuramos as laterais mais curtas (entrepernas).
Cortar o excesso de tecido e dar uns cortes nas partes arredondadas (cuidado para não cortar os pontos).
 Virar os calções do direito, passar a ferro e fazer uma pequena bainha. Com um pouco de linha de bordar vermelha alinhavar a bainha.
Costuramos um pequeno cós nos calções. 
 Depois vestimos os calções ao Pinóquio. Fixamos os calções à altura desejada (alinhar a costura dos calções com a costura do corpo e fixar com um alfinete, desta forma os calções não ficam tortos) e criamos umas pregas para ajustar o cós dos calções, duas à frente e duas atrás. De seguida costuramos os calções ao corpo dando uns pontos na zona das pregas.



Agora vamos fazer os suspensórios. Foi usado duas tiras de tecido com 26 cm de  comprimento por 7 de largura. O melhor mesmo é medir a distância que vai desde o cós na parte de trás dos calções até ao cós na parte da frente, acrescentar uns 2 cm para as costuras e cortar o tecido.

 Para dar forma aos suspensórios virar o tecido com o avesso para cima e dobrar as laterais para dentro unindo ambas no centro da tira e passar o ferro para fixar.
Depois dobrar um pouco nas extremidades e mais uma vez passar o ferro.
 Por fim dobrar novamente ao meio (no sentido do comprimento) e passar o ferro para dar a forma ao suspensório.
Para a pequena faixa que vai na parte da frente dos suspensórios, cortar uma tira com a mesma largura dos suspensórios (7 cm), mas com apenas 6 cm de comprimento. Para lhe dar forma fazer o mesmo procedimento usado para os suspensórios. Depois costurar essa faixa no lado da abertura do tecido.
 De seguida, fixar os suspensórios nos calções com alfinetes, e colocar a faixa no local onde se quer que fique. Colocar uns alfinetes e costurar os suspensórios fechando as laterais.


 Fixamos os suspensórios nos calções com uns botões.
Com o tecido para o chapéu e para o coração, dobrar ao meio - direito com direito - e passar os moldes para o tecido.
 Costurar o coração a toda a volta e no chapéu costurar à volta deixando a base aberta. Cortar o excesso de tecido e dar uns cortes nas partes arredondadas. Depois virar o trabalho para o direito. Como no coração costuramos a toda a volta, vamos aplicar o mesmo procedimento que fizemos para o braço: colocar um pouco de entretela para dar resistência ao tecido, fazer um rasgão e virar do direito.

 Para fazer o chapéu vamos dobrar a base para dentro do chapéu até à marca indicada pelo palito (imagem abaixo).
Depois fazemos uma dobra para fora. O aspecto deverá ser este:
 Vamos encher o coração, fechar a abertura e costurá-lo no Pinóquio (em cima do suspensório).
Agora passamos à faixa por cima das botas. Cortar duas tiras com aproximadamente 8 cm de comprimento por 4 cm de largura (tirem as medidas à perna do Pinoquio e acrescentem sempre 1 a 2 cm). Dobrar um pouquinho para dentro dos 4 lados, dobrar ao meio, colocar por cima do topo da bota e costurar na parte de trás à perna do Pinóquio.

Já falta pouco :). Vamos fazer a gola. Cortar uma tira de tecido com 30 cm de comprimento por 10 cm de largura. Com o avesso virado para cima dobrar uns 0.5 cm de cada lado (dos lados mais curtos).
 Dobrar ao meio no sentido do comprimento (direito com direito), costurar de uma ponta à outra, cortar o excesso de tecido e virar do direito.
Com agulha e linha fazer um alinhavo a todo o comprimento, junto à costura anterior, e puxar para fazer um franzido.
 Colocar a faixa no pescoço do Pinoquio e dar uns pontos nas extremidades unindo o tecido ao pescoço.
Unir as duas extremidades da gola com pontos invisíveis.
 Antes de colocar o chapéu, decidi fazer um alinhavo à volta do contorno do cabelo. Comecei por introduzir a agulha no alto da cabeça, assim não se verá o nó da linha porque vai ficar tapado pelo chapéu.
Alinhave a toda a volta do contorno do cabelo e faça sair a agulha novamente no topo da cabeça para esconder o nó que finaliza o trabalho.
 Finalmente, colocamos o chapéu na cabeça do Pinóquio. É optativo, mas coloque um pouco de enchimento no chapéu para lhe dar forma. Com o tempo começaria a ficar amarrotado.

Segurar o chapéu com uns alfinetes e costurar a toda a volta para fixar.
Já na recta final só falta dar-lhe vida: pintar os olhos - pode-se usar uma caneta de tinta permanente ou tinta para tecido. Normalmente utilizado pela artesã uma caneta de tinta permanente, mas como use tinta para pintar o cabelo, use a tinta para fazer os olhos. Antes de pintarem certifiquem-se do local onde querem desenhar os olhos. Marquem com dois alfinetes, verifiquem se estão alinhados e só depois é que devem pintar. 
 E um pouco de blush para dar cor às bochechas.







creditos: miquinhasecia
==========================================================

creditos: artecomquiane
=================================================






creditos: fofuchasevacia
========================================================

creditos: linhasefeltro
Álbum 23----página Eu Amo Artesanato
------------------------------------------------------------------------------------------------------
 E o Verbo(Jesus, a Palavra de Deus) se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai(Deus), cheio de graça e de verdade.
João 1: 14-------------LEIA A BÍBLIA

Blogger Wordpress Gadgets Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...