segunda-feira, 20 de julho de 2015

Cortina com patch aplique passo a passo





O dia hoje não amanheceu muito bom, parece que chegou uma boa frente fria. Confesso que não gosto muito de frio, prefiro um solzão lindo, até nos anima a fazer os artesanatos.(pelo menos comigo funciona assim)
Por falar em artesanato, estou começando a fazer uma cortina para o quartinho de minha netinha Carla de 4 anos. Para eu ter ideia, olhei cortinas na internet, e resolvi fazer um bandô com patch aplique, fiz assim, quer ver?
Primeiramente peguei alguns moldes da internet, recortei no papel
Juntei uns retalhinhos que combinassem com a cor do quarto.
E passei os moldes para o tecido
Cortei vários...
 e passei termolina nas pontinhas de todas peças para não desfiar, em cima de um saco plástico
E fui passando
Em todas as peças
Deixei secar bem
Depois de seco, coloquei os miolos nas flores com ponto caseado
E a asa do passarinho


Juntei 2 borboletas e caseei toda volta
Veja
Agora vamos fazer o bandô da cortina, cortei o bandô no tecido branco 1.30cm de largura  por 32cm de altura e cortei tiras de tecido xadrez roxo de 8cm de largura
Coloquei as tiras em torno do bandô, somente não coloquei na parte de baixo, onde colocarei as flores para fazer o patch aplique
Passei na máquina
E fiz o canto do bandô como mostra na figura abaixo
Passei na máquina
Virei para o direito e está pronto o cantinho do bandô
Veja como foi feito o cantinho através do desenho
Corte o excesso de tecido
Passe na máquina toda a volta do tecido roxo para marcar
Faça a barra com uma costura a mão em todo o avesso(pontinhos invisíveis)
Assim
Veja como ficou do lado direito

E do avesso


Faça uma barra na parte de baixo do bandô, prenda com alfinetes
E passe na máquina
Veja como ficou
Agora já temos as flores com os miolos, as borboletas caseadas somente as asas, o corpinho depois casearemos na própria cortina(mais a frente)e os passarinhos caseados(mais a frente cortei outros passarinhos, onde caseei somente as asinhas)
Comecei a montar as florzinhas no bandô(só até a metade)
Para que ficasse os dois lados iguais fiz assim: Coloquei metade das flores do jeito que achei que ficaria bonito(foto acima), depois dobrei o bandô ao meio bem certinho a parte de cima e dos lados (foto abaixo)
E comecei a organizar a outra metade do bandô bem certinho com as flores que já haviam sido colocadas(imagem abaixo)
E fui prendendo com alfinetes, as flores de cima na mesma direção que a de baixo
Seguindo sempre a mesma direção
Fiz assim até colocar todas flores
Veja como ficaram certinhas
Agora é a hora de casear todas as flores, se quiser pode colar as flores com papel termocolante, fica bem mais fácil para depois casear, eu não uso, faço direto, somente com o alfinete segurando.
Na parte que chegar que a flor sai para o lado de fora do bandô...
Você continua caseando a flor, assim
 Estando pronta uma flor, comece a casear outra e passe por cima da outra flor com o caseado(figura abaixo)
Por ideia de minha filha Claudia, comecei a colocar algumas folhas, onde caseei pela frente
E por trás
E continue, colocando folhinhas e flores caseando
Veja como ficou o avesso com as flores e folhinhas caseadas
Dispus a borboleta e o passarinho e caseei(aqui já é outro passarinho que usei, porque tinha caseado toda a sua volta e não tinha como prender no bandô. Este aqui, primeiramente caseei só as asas e depois caseei toda a volta dele prendendo no bandô)
Ficou assim o passarinho
Depois peguei o molde do passarinho e papel carbono e coloquei sobre o passarinho já caseado para fazer o desenho do rabinho, perninha e do biquinho(que deve ser bordado)
Veja na foto abaixo
Aqui está o rabinho, a perninha e o biquinho do passarinho já passado para o tecido
E bordei com ponto atrás enfiando a agulha por dentro do passarinho para começar a bordar para não aparecer o nó
E bordei
Assim
Veja
O biquinho bordei com ponto cheio dando o formato, usando linha cor de abóbora


Veja
E as perninhas usei também o ponto atrás com linha marrom
Olha que doçurinha
Veja o avesso
Agora é a vez da borboletinha, como tinha dito, bordei com ponto caseado prendendo ela na cortina, somente pelo corpinho(para as asinhas ficarem soltas, como se estivesse voando)
Veja como ficou e fiz as anteninhas com linha marrom
Veja como está um verdadeiro jardim, para a minha florzinha Carlinha
Fiz também estes pontinhos de alinhavo para fazer o percurso da borboletinha
Ah, que docinho, amo!
E para completar, fiz umas notinhas musicais para enfeitar ainda mais nosso jardinzinho, afinal os passarinhos cantam e nos encantam
Bordei com linha preta(toda linha que uso aqui é de bordar), com pontinhos atrás e as bolinhas das notas musicais, usei ponto cheio
Veja o pontinho cheio, a bolinha da nota musical, como faz:
.




Vai preenchendo toda a bolinha da nota musical


E depois já sai com o ponto atrás


Veja a notinha musical surgindo
Agora sim, um jardim florido e passarinhos cantando
Agora vamos fazer as partes da cortina, a janela do quartinho de minha neta tem 1.00cm de altura por 1.30cm de largura. Cortei as 2 partes com 1.30 de altura cada e 1.90cm de largura cada parte da cortina.
Fiz novamente tiras com o tecido roxo, que é a cor que predominou a cortina, de 8.5cm de largura
E prendi em toda a volta da cortina, somente não coloquei na parte de cima onde vai ficar o bandô(porque esta parte vai ficar escondida pelo bandô)
E prendi do lado direito, como fiz com o bandô
Passei na máquina
Veja o cantinho (que foi feito diferente do bandô)
Virei para o esquerdo e alfinetei

Toda a volta
E o cantinho
Fui dobrando
E dobrei
Ficou assim
Veja, lado direito
Lado esquerdo, fiz uma barrinha a mão com pontinho invisível
Veja como ficou, depois prendi umas borboletinhas com alfinetes em uma das partes da cortina para ver como ficava, porque achei que ficou sem graça a cortina toda branquinha, e gostei do resultado.
De um lado da cortina com borboletinhas e do outro sem. 
Resultado: gostei mais com as borboletinhas
Então prendi com ponto caseado, só a borboleta sem colocar o corpinho
Caseei 6 borboletinhas em cada parte da cortina. Veja como ficou
Agora vamos fazer umas tirinhas para segurar a cortininha, cortei uma tira do pano branco e uma tira maior do pano xadrez(figura abaixo)
Coloquei o paninho branco por cima do xadrez e virei as pontas fazendo uma barra
Em toda a volta do tecido branco
Veja já alfinetado e passei a máquina em toda a volta(esqueci de tirar a foto rsrs)
Coloquei nas pontinhas velcro 
Preso com uma costura a máquina
Ficou assim
Bem simples, (da para usar dos dois lados)
Prontinho
Só para segurar a cortina, quando quiser ela aberta,  
Mas, o segura cortina pode ser usado do lado roxo
E aqui minha netinha linda Carlinha e meu lindo netinho Alisson participando da estréia da cortina nova.
Amo que amo demais!! Deus os abençoe!
Veja como ficou a cortininha prontinha



 creditos: Eu Amo Artesanato
criação: Ana Maria De Aquino
============================================================

Aqui algumas dicas sobre bordado, dicas de costura tirados da net para você fazer sua cortina.
Use sua imaginação, crie, invente, no final fica muito linda com direito a muitos elogios

Se quiser fazer o bordado usando o papel termocolante clique neste link para aprender usar


Usualmente o “ponto de caseado” é o nome dado ao ponto utilizado para enfeitar e costurar aplicações feitas com termocolante (patchaplique). Chamamos também de “caseado” o ponto utilizado para fazer casas de botão à mão.
Embora seja usual a nomenclatura, os pontos e sua utilização não são os mesmos.
Vamos aprender?
♡ O que chamamos de “Ponto de Caseado de Aplicação” foi batizado originalmente como Ponto de Cobertor (‘blanket stitch’). Foi muito usado para reforçar as bainhas de cobertores, depois em acabamentos de peças recortadas até chegar as atuais aplicações. Dependendo da circunstância, ele também é conhecido como ponto de chicote, ou ponto de crochê.
É um ponto de Bordado Decorativo, executado com uma laçada. É um ponto mais aberto e possui muitas variações (aberto, fechado, triplo, alto e baixo).
Ao ser executado ele pode ser visto de ambos os lados da bainha, ou seja é dupla face. E o verdadeiro Ponto de Cobertor (ou Caseado de Aplicação) é executado da direita para a esquerda.
 ♡ O verdadeiro “ponto caseado”, devido a sua resistência e eficiência na costura à mão, é usado por costureiras e alfaiates, tanto para fazer casas de botão como para reforçar a extremidade em cortes no tecido.
Este ponto possui referência na biografia de bordado como Ponto de Casear (em inglês é buttonhole stitch), e ficou conhecido no meio da costura como caseado de alfaiate.
É um ponto de COSTURA e pertence a categoria de ponto de , porque a cada ponto realizado é dado um nó, para que o ponto fique firme, afinal é feito para fazer e reforçar casas de botões.

♡♡ Regrinha Básica: Se a agulha sai em direção à borda do trabalho, é tecnicamente o ponto de cobertor ou caseado de aplicação.
Se a agulha vai para o centro do trabalho, é o caseado de alfaiate.
creditos: bordadosmodernos
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Patch Aplique


O Patch Appliqué ou Aplicação com Papel Termocolante é um método ou técnica que permite a reprodução de desenhos simples e elaborados em um pedaço de tecido.
Pode ser feita à mão ou à máquina. E utiliza, além dos tecidos, o papel termocolante.
1. As melhores agulhas de aplicação são as agulhas finas e longas, com ponta afiada, tamanho 11 ou 12.
2. Alfinetes curtos e extra finos são os mais adequados para a técnica;
3. A linha de meada Anchor Mouliné que possui uma variedade de cores, é a mais utilizada para contornar as aplicações, mas você poderá utilizar  Torçal Pérola ou Anchor Perlé caso queira obter um relevo especial na sua aplicação.
4. Chamamos de tecido de base, ou fundo o tecido onde a aplicação será colocada.
5. O molde da imagem a ser aplicada deve ser sempre espelhado, ou seja, invertido, como se fosse a imagem no espelho.
6. Se tiver que ampliar ou diminuir o tamanho, o ideal fazê-lo com a imagem inteira, assim não haverá diferenças nos pedaços a serem aplicados, e os pedaços se encaixarão. Jamais amplie pedaços separados de uma imagem. Fica a dica! 
7. O Papel Termocolante é um tipo de entretela termocolante dupla face.  Ele possui “cola” em seus dois lados.  O termocolante pode ser encontrado em diferentes marcas e diferentes características. Tem o forte, cujo tecido permanece colado mesmo depois de lavado e um mais leve, que desgruda com o tempo.
A técnica de aplicação com termocolante ou Patch aplique é ideal para aplicações com partes bem pequenas.  É muito fácil e rápida.
Vamos Aprender?
1) Pegue a imagem a ser aplicada devidamente escolhida, ampliada ou reduzida e espelhada. Estude a imagem, nomeando todas as partes que serão aplicadas.  Veja a imagem:
Ela já está espelhada, isto quer dizer que, a aplicação ficará ao contrário. O que está virado para direita ficará virado para esquerda.
Observe que os pedaços foram nomeados. Os motivos repetidos não precisam ser nomeados na imagem, apenas lembre-se de fazê-lo repetidamente no papel termocolante. Agora, copie todos os pedaços separadamente no papel termocolante (no lado liso e brilhante). A flor e o miolo (flor e m1) deverão ser copiados 4 vezes. O talo (t) 2 vezes, e os outros elementos uma vez cada um. Copie o desenho separadamente detalhado, como se fosse único. Observe no PRÓXIMO GRÁFICO:
2) Copie separadamente no papel termocolante, cada molde a ser aplicado. Não esqueça de nomear cada pedaço, para não se perder no momento de juntar todos os pedacinhos.
3) Com uma tesoura de papel, recorte todos os moldes riscados no papel termocolante, deixando ao redor de cada um deles uma pequena margem de aproximadamente 4 a 5mm. É importante deixar esta margem, pois, após colar o gráfico no tecido, deve-se recortar, com uma tesoura para tecido, na linha riscada (veja na imagem abaixo).
4) Coloque o lado áspero (com cola) do termocolante (dos pedaços recortados) sobre o avesso dos tecidos escolhidos para aplicação e
pressione com o ferro de passar na temperatura recomendada pelo fabricante para que o papel “cole” no tecido; aproximadamente por 3 a 5
segundos, não mais que isso.
5) Recorte a aplicação no limite da linha riscada. Retire o papel da aplicação, arrume cada peça no tecido de base ou fundo, tendo como guia 
o seu desenho inteiro do molde e pressione com o ferro para
que  a aplicação “cole” no tecido de base ou fundo somente após todas as peças
estejam no lugar certo. Com um pouco mais de experiência, é possível ir aplicando aos poucos, desde que se tenha certeza de que os pedaços estão arrumados da mesma forma como estão dispostos no gráfico original. Lembre-se de que as aplicações serão coladas uma única vez. Tenha cuidado para não colar no lugar errado.

6) Contorne a aplicação com ponto de caseado, ponto de alinhavo ou qualquer outro ponto decorativo.
creditos: bordadosmodernos
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Alguns pontinhos de bordado






Caseado

COMO BORDAR O PONTO ROCOCÓ CASEADO PASSO A PASSO

creditos: bordados20

Esquemas de pontos de bordados passo a passo:

ponto colonial;
ponto reto;
ponto nó frances;
ponto alinhavo;
ponto pé de galinha;
ponto cheio;
ponto pena;
ponto margarida;
ponto rococó.



Na sequência aprenda os seguintes pontos de bordados passo a passo:

ponto atrás;
ponto palestrina;
ponto haste;
ponto folha;
ponto corrente;
ponto mosca;
ponto com nó.

Esquema de ponto de alinhavo e variações do ponto alinhavo.
Veja como bordar com ponto cheio passo a passo.
Abaixo duas maneiras, uma só bordando, a outra, preenche o espaço com pequenos pontos, para depois fazer o bordado com ponto cheio.
Como bordar ponto de cordão, também chamado de cordonê:

 COMO BORDAR O PONTO ROCOCÓ PASSO A PASSO

creditos: bordados20
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Aqui tem dicas como fazer o cantinho do bandô, está bem explicado neste link, clique abaixo(só que é feito em uma almofada) 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Como casear na máquina de costura


------------------------------------------------------------------------------------------------------

Pé de máquina para caseado

Algo muito importante para qualquer trabalho artesanal, ou manufatura, é saber usar bem suas ferramentas. Trabalhos muito demorados e “trabalhosos” podem ser simplificados e agilizados apenas com o correto uso de ferramentas adequadas.
No patchwork não é diferente. Temos muitos apetrechos que facilitam nossa vida, e por isso vou comentar aos poucos alguns deles. A sua maioria não é fabricado no Brasil e por isso mesmo são pouco conhecidos por aqui.
Começo esta série de comentários falando de um pé de máquina que é uma ótima aquisição para nós quilteiras.
Ele é conhecido nos EUA pelo nome de Open Toe (dedos abertos) que a artesã acha um nome muito apropriado e mais bem-humorado que o nome sem graça que recebeu em português: pé aberto para aplicação.
O que é legal nesse pezinho é que, por ser aberto, ele permite uma perfeita visualização da aplicação, ou seja, não tem aquela parte em metal ou plástico na frente que nos atrapalha a ver para onde a agulha está indo exatamente.
Na verdade ele é uma daquelas coisas que depois que a gente usa passa a se perguntar como viveu até hoje sem!!.
Ele existe em metal ou em plástico e alguns modelos de máquina de costura vêm com ele de fábrica. A artesã tem uma Singer Quantum 9940 que veio com um de metal, mas prefere mesmo o de plástico, que permite uma visualização ainda melhor.
Para adquirir um desses, você pode procurar em casas de acessórios para máquina ou pela internet mesmo. 
Cabe ressaltar que o pezinho não faz o caseado, a sua máquina precisa ter esse ponto específico. O que ele faz é facilitar o trabalho por permitir a completa visualização da costura.
Nesse vídeo vocês podem ver os pezinhos em ação.
creditos: omeletedeamoras
Álbum 6-----------página Eu Amo Artesanato
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Disse-lhe Jesus: Eu sou o Caminho, e a Verdade e a Vida; ninguém Vem ao Pai(Deus), senão por Mim.
João 14:6----------------------LEIA A BÍBLIA


Blogger Wordpress Gadgets Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...